O que é e-mail marketing

Podemos dizer que o e-mail marketing é a utilização do e-mail como uma ferramenta de marketing direto com objetivos específicos, ficando a critério de quem o envia direcionar esses objetivos.

Por incrível que pareça, a definição do e-mail marketing é exatamente essa que fizemos acima, porém, diferente da definição, na prática se torna um pouco diferente. Quer conhecer um pouco mais sobre e-mail marketing? Continue conosco.

Saiba que e-mail marketing não é como um e-mail comum, ele vai precisar conter alguma estrutura diferente, aliado também a outras características únicas que vai possuir.

Mas acredite, é bem simples construir um e-mail marketing, mas antes de construir um e-mail marketing é necessário entender um pouco mais sobre essa ferramenta de marketing.

Por isso, vou listar abaixo cinco das principais métricas de um e-mail marketing:

como fazer e-mail marketing

Taxa de cliques

A taxa de cliques mede em porcentagem a taxa de pessoas que clicaram no link que deixou no e-mail. Essa métrica leva em consideração o número de e-mail que foi enviado.

Exemplo: Imagine que enviou 100 e-mails e que apenas 10 deles receberam cliques, logo, 10% dos e-mails receberam cliques.

É importante utilizar essa métrica em conjunto com outras, visto que o problema pode não estar na taxa de cliques, mas sim no conteúdo do e-mail marketing.

 

Taxa de crescimento da lista

É fundamental que possua um controle sob a sua lista de e-mail, e se possível até mesmo uma previsão para os próximos meses, dessa forma, vai conseguir mensurar melhor suas estratégias e definir seus objetivos.

Mas o principal fator dessa métrica é ter pé no chão e um objetivo formulado, pois seu objetivo não pode ser apenas que a sua lista de e-mail continue a crescer, você precisa tornar essa lista de e-mail efetiva com suas estratégias para só então começar a almejar novos integrantes para a lista.

E quando falamos “para só então” entenda que você não precisa para a crescimento da sua lista, mas sim, dedicar a maior parte da sua força de trabalho para outros fins.

 

Leads Gerados

Diria que essa é a principal métrica, também aconselho a focar para conseguir uma boa média nessa métrica, se ela estiver indo bem, todas as outras que importam, vão estar indo.

Entenda que não vai adiantar nada você produzir um ótimo e-mail marketing que contenha um ótimo conteúdo e conseguir levar todas essas pessoas para onde deseja, se eles não se transformarem em leads.

Por fim, olhe de uma forma especial para essa métrica, e entenda o porquê não está conseguindo gerar leads. Um bom exemplo é: se as pessoas da sua lista estão clicando mas quando chegam na página logo saem, invista no layout da sua página.

 

Taxa de Abertura

Essa taxa mede a quantidade pessoas que abriram o e-mail, e você pode até pensar que é loucura, porque como saber quem abriu o e-mail? E realmente, não é uma métrica muito confiável.

Porém, isso não quer dizer que a métrica é inútil, você pode fazer várias coisas com elas. Exemplo: poderá ver qual o melhor horário para mandar e-mail, ver se o título do e-mail está bom da forma que enviou, ou se precisa ser algo que chame mais atenção.

Lembre-se que você não pode tomar apenas essa métrica para uma decisão, ela não diz se a pessoa leu apenas uma palavra ou o e-mail inteiro, ou mesmo se leu o título do e-mail, mas vale a pena considerar.

Clique aqui e saiba como aumentar suas vendas

Por fim…

Entenda que todas as métricas que citamos acima são para uma análise em cima do e-mail marketing, para tirar conclusões de como está sendo essa campanha de marketing, se está gerando lucro ou não.

Por fim, todas as métricas podem ser medidas por softwares que estão disponíveis hoje no mercado, vários deles facilitam muito na análise, procure o software que mais se adequada cm suas necessidades, e comece a utilizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *